Castigo e educação

Os castigos servem para melhorar e aperfeiçoar a puta, abrandar o carater dela, aumentar a dedicação e a submissão dela. Servem tb para ela se sentir ainda mais puta e escrava.

Expor a puta bem aberta. Serve para fazê-la ainda mais humilde.

Se ela é uma menina boa, manda para ela ficar assim como nesse cartaz por algumas horas em um barzinho cheio de gente ou outro local.

Pesos na xaninha, no grelinho, mamilos e na língua são um meio excelente. Mas cuidado para não estragar as partes, a não ser que um aumento do grelinho é desejável.

Envolver outras putas no castigo é um meio muito eficaz, já que uma mulher castiga geralmente sem perdoar nada. E ela conhece os lugares mais sensíveis do corpo feminino.

Amarra simplesmente a delinquente e fala para uma ou algumas putas, que podem fazer com ela o que quiserem. Ou vc pede a elas fazer a vítima confessar falhas e crimes como ficar com gorjetas sem dividir com o cafetão, pensar ou falar mal dele ou de clientes, e mais. Promete uma gratificação à torturadora por cada confessão extorquida da delinquente. Vc vai se surpreender com o número das confissões. Se afaste ou assiste de longe sem interferir, deixa a elas resolver o caso.

Outro castigo bom é ficar amarrada e com consoladores enfiada a noite ou o dia todo. Vai ter muito tempo para refletir e ser mais submissa.

Obrigar a puta para enfiar em si mesma objetos enormes que entram só com muita força mostra a ela que ela é nada na frente de homens, sobretudo se ela tem que cumprir o dever na frente de muitos.

Antes do castigo a puta deve beijar ou lamber a chibata, açoite, mão, chinelo ou outra ferramenta. Depois ela deve agradecer ao castigador e ao dono com palavras sinceras e humildes.

Um castigo bom é colocar pimenta malaguete na bucetinha da cadelinha e amarrá-la assim que ela não pode livrar-se do pó ardente. A agonia aumenta ainda se algúem a estupra assim, mas o homem ou os homens tem que usar uma boa camisinha para não sofrerem também.

Amarrar a puta em posição tensas e bom porque faz que o corpo fica mais elástico, mas causa dores que aumentam com o tempo em que ela fica na mesma posição. Se vc assim enfia seus dedos ou brinca com as partes dela ela te sente muito forte.

Enfiar coisas delgadas como mangueiras, mina de caneta, ou até canetas no ureter da prostituta causa muitas dores e constrangimento sem estragar a mercadoria.

Chupar todos os presentes é um castogo clássico. Ela deve ficar de joelhos, nua, e quem sabe os outros tem o direito de mexer com ela de trás. Se ela se defender ou reagir inadequado, será castigada duramente até melhorar. Variação: Os presentes recebem paus de comer chineses e podem mexer com a puta, que chupa, só com eles, não com os dedos, nem com garrafas, nem guarda-chuvas, nem cabo de vassoura nem nada. Uma puta evangélica chupa ainda melhor depois de uma boa surra.

Depois de um castigo a puta deve ficar exposta. Assim é mais humilhada, mas tb é garantido que a pele sara melhor sem deixar cicatrizes.

A puta deve ter sempre cabelos longos para o cafetão ou ajudantes podem mexer com ela sem problemas.

Palmadas na bunda são um castigo clássico e tem a vantagem, que a puta sente a mão nua do dono ou castigador em sua pele. Se o homem coloca os braços da puta em baixo de suas coxas e se senta em cima, fixando-os, ele tem a outra mão livre para mexer com o grelinho da puta e enfiar um ou dois dedos na xaninha dela durante as tapas, o que aumenta muito a intimidade entre os dois. No ritmo das tapas ela mexe a bunda e cavalga assim por cima dos dedos enfiados nela, um carinho muito gostoso.

Usar ou alugar a puta como ponygirl (pônei humana) ajuda muito para melhorar a submissão dela.

Aneis de gado ajudam para conduzir e prender a prostituta, mas o anel encravado na carne dela faz com que ela se sente escrava e ligada com o dono (compare as função dos aneis de casamento.)

Para quebrantar putas relapsas torturas fortes são imprescindíveis, mas cuidado para não estragar a mercadoria. Aplica chibatadas com vara fina que doi mas não deixa cicatrizes, enfia só agulhas esterilizadas em fogo (pode até enfiar quente, doi mais mas é bom para a cicatrização), cuidado com os mamilos, agulhas podem atingir os canais de leite e causar inflamações, pesos podem murchar os peitos e mamilos. Cuidado tb com chamas abertas. Elas deixam cicatrizes feias. Usa soldador elétrico, e preferidamente entre as pernas, ou em outros lugares onde uma cicatriz fica invisível. Exceção: Se vc quer gravar uma palavra, um símbolo, o nome do dono e mais em lugares determinados do corpo. Mas cuidado tb aqui: para fazer um trabalho bom treina antes com uma puta barata ou uma puta velha que não serve mais.

Se a puta fica em pé para ser açoitada, use uma chibata fina para doer mais mas não estragar a pele. Não bate nos peitos com varas grossas. Entre as pernas é mais eficaz bater com a própria mão ou uma ferramenta especial. Evite bater no nariz e nos olhos. Não bate com varas ou objetos duros ou pesados na cabeça da puta.

Usar a vagabunda como urinol é uma humilhação muito eficaz.